Clube de leitura
Porque ler é um prazer que deve ser partilhado
11 de Outubro de 2009

O sétimo seloUma das minhas prendas de natal foi "O sétimo Selo", o livro de José Rodrigues dos Santos, tinha lido os anteriores e gostado muito, este para mim foi uma enorme desilusão.

 

Para um livro com enredo que gira à volta do aquecimento global, bem que o escritor podia ter contribuído para diminuir esse problema, o livro podia ter menos um terço das páginas. A evolução da concentração de monóxido de carbono na atmosfera e os seus efeitos é descrita três vezes, a explicação sobre as reservas petrolíferas é dada duas vezes, a partir do meio o livro torna-se repetitivo.

 

Não sei se as editoras pagam à página impressa, mas este livro podia ter menos um terço das páginas, contava a mesma história e sempre se poupavam uns milhares de arvores.

 

Já agora, a imagem da capa do livro, chama-se The Essence of Imagination ” e é uma montagem fotográfica de Ralph A. Clevenger e segundo este site , foi imaginado para representar o conceito de que aquilo que vemos nem sempre é o que imaginamos....como o livro!.

 

Jorge Soares

PS:Post publicado inicialmente no blog:O que é o Jantar

PS2:Perguntava a Pepita se aqui também podemos dizer mal, não só podemos como devemos, se a nossa opinião de um livro não é positiva, se na nossa opinião não é um bom livro, é isso que devemos dizer.

publicado por Jorge Soares às 21:10 link do post
Olá Jorge, é bem verdade.
Também li este livro e concordo contigo, muitas páginas poderiam ter sido poupadas! Além disso, penso que retrata um futuro demasiado apocaliptico.
Tinha lido anteriormente a Ilha das Trevas que gostei muito mas este de facto foi cansativo.
Anabela a 12 de Outubro de 2009 às 11:23
Olá jorge,

Este é um dos livros que tenho lá na estante e que tenho adiado a sua leitura, sem saber bem porquê. Mas depois do que escreveste, vai ficar por lá mais uns tempos.

O livro que mais gostei deste escritor foi "A Filha do Capitão", penso que foi um dos 1ºs livros que ele escreveu e a sensação que tenho é que a qualidade da sua escrita tem vindo a diminuir, talvez por procurar o mais comercial.

Bjs
Pepita
mimi a 12 de Outubro de 2009 às 12:17
Depois deste não li mais nenhum, antes tinha lido todos, a sensação com que fiquei é que começou lá no alto com a filha do Capitão e depois foi perdendo qualidades a cada novo livro... por norma nunca deixo um livro a meio... mas este esteve quase.

Jorge
Jorge Soares a 12 de Outubro de 2009 às 23:47
Que engraçado, tb foi uma das minha prendas de Natal. Fiquei a 1/3 cheguei a um ponto e não aguentei mais! A personagem principal não interessa a ninguém, não tem personalidade nem profundidade, as descrições são cansativas e repetitivas, tudo o resto é descrito à laia de jornalismo (de forma leve e sem interesse) e os diálogos testam a nossa paciência. Enfim, o tema tinha imenso potencial, começa com uma premissa super interessante e depois..... morre-se! Nem todos os livros têm que ter ser page turners, mas um policial tem que agarrar o leitor nos primeiros capitulos, não matá-lo de tédio! :)
Sofia a 12 de Outubro de 2009 às 14:42
O JRS tem um programa na RTPN em que entrevista escritores. Recentemente vi-o a entrevistar o Ken Follet que escreveu vários policiais adaptados ao cinema, como O Buraco da Agulha. Nunca li nada de Ken Follet mas fiquei cheia de vontade :) gostei muito da entrevista! O JRS parecia estar a tentar perceber a técnica do Follet e percebia-se que tinha lido todos os livros dele ;) . Aqui fica a web page do Follet http://www.ken-follett.com
Alguém conhece este autor?
Obg
Sofia
Sofia a 12 de Outubro de 2009 às 14:50
Com um bocado de sorte aprende algo mesmo...
Jorge Soares a 12 de Outubro de 2009 às 23:47
Também sou da mesma opinião, um encurtamento nos diálogos e nem se dava conta. Em termos de crítica comparo-o ao The Deception Point do Dan Brown: muito suspense ao longo da história, e quando no final se desvendam todas as verdades, percebemos que afinal o escritor andou às voltas durante uma história só para aumentar papel.

Contudo o José Rodrigues dos Santos é um dos meus escritores portugueses favoritos.
Tânia a 15 de Outubro de 2009 às 20:30
Embora concorde que não é o seu livro mais brilhante, sinto necessidade de dizer que gostei do que li. Já li os seus livros todos e este, pertencendo à "saga" das aventuras e desventuras de Tomás Noronha, tem um fio condutor interessante, actual e perspicaz. Provavelmente poder-se-ia esperar um desenvolvimento maior da problemática em causa, mas certamente isso seria demasiado incómodo para quem continua a achar que isto da defesa do meio ambiente e do aquecimento global é apenas um tema para entreter ambientalistas que não tem mais nada que fazer. Contudo, verdade seja dita, neste caso escrita, gostei mais do Codex 632 e da Fórmula de Deus.
Dolores a 15 de Outubro de 2009 às 22:12
Olá

Também li o Codex e a Formula de Deus, assim como tinha lido a Filha do capitão, esse sim, do meu ponto de vista, um livro fantástico.

Aceito e respeito a sua opinião, e mantenho a minha, obrigado pelo seu comentário que contribui para a evolução deste blog.

Jorge soares
Jorge Soares a 15 de Outubro de 2009 às 22:32
Olá Jorge!
Ora cá está um livro dos poucos que não consegui acabar de ler pois achei que era digamos que um pouco sem sal embora a temática fosse interessante. Creio que se perdeu o objectivo.
Branca a 19 de Outubro de 2009 às 22:58
A minha patroa emprestou-me este livro hoje....gostou muito dele....brevemente começo a ler e logo verei o que vai ser.
Nunca li nada dele, estou sem opinião formada ...
emma_leiria a 23 de Outubro de 2009 às 22:56
Concordo plenamente. Foi um verdadeiro martírio ler este livro. Tão depressa não me apanham com um livro de José Rodrigues dos Santos na mão.
Lourencinha
Lourencinha a 10 de Fevereiro de 2010 às 11:18
recomendo o livro. só me falta ler o anjo branco mas não tenho muita vontade. para mim tem sal que baste. aquela história do gps no pulso foi interessante.
paulo a 25 de Agosto de 2011 às 11:03
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
17
19
23
24
27
29
30
31
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda bem que gostou Fenix! Aconteceu o mesmo comi...
Também adorei só consegui para no fim quanto mais ...
Já li e adorei! Excelente livro como aliás todos o...
Saudações a todos. Venho sugerir as capas para liv...
É sem dúvida um excelente livro, ficamos presas do...
Deve ser um excelente livro!
Vergílio Ferreira é isso mesmo; VF é literatura pu...
Por aqui é fácil, basta procurar na Bertrand ou Fn...
Achei o livro excelente. Como sempre, José Rodrigu...
Olá a todos, este ebook esta disponível neste site...
blogs SAPO