Clube de leitura
Porque ler é um prazer que deve ser partilhado
12 de Outubro de 2009

 

 

 

 

 

 

 

 

Comprei este livro, na última Feira do Livro, que houve em Pombal. Não foi uma escolha ao acaso, procurei por ele, porque sabia que esta autora "Dorothy Koomson", tinha editado em Portugal à relativamente pouco tempo, este livro.

 

Desta autora já conhecia o livro "A filha da minha melhor amiga", o qual tinha gostado muito.

 

Relativamente a este "Pedaços de Ternura", não fica nada atrás do 1º, gostei muito.

 

Dos livros que li desta autora, todos eles focam um tema preocupante e actual, embora nem sempre seja o tema principal.

 

No caso deste livro foca o tema do alcoolismo, visto da forma como pode destruir uma família e uma carreira, pelo lado feminino.

 

Outro aspecto que também gosto muito nesta autora é que os seus livros não seguem a história numa sequência temporal, mas começam com o tempo presente, e ao longo do livro e sobre as diversas personagens vai introduzindo passagens e episódios importantes da vida dessas mesmas personagens, para o leitor poder entender os passos e as decisões que as personagens vão dando.

 

Este é mais um daqueles livros que nos ensinam algo e que não se esquecem mal os arrumemos na prateleira.

 

Recomendo a sua leitura.

publicado por mimi às 16:29 link do post
12 de Outubro de 2009

 

Entrei na livraria sem ter uma ideia do livro que iria comprar. A capa de um deles despertou-me a atenção...uma jovem de cor, muito bonita, de olhar triste e sofrido...tratava-se de Immacullée Ilibagiza,  que em 1994, sobreviveu ao genocídio no Ruanda.

Chocante o relato das atrocidades que se cometeram e como Immaculée, de apenas 22 anos, sobreviveu durante 90 dias numa casa de banho minúscula juntamente com sete mulheres.

Não considero uma obra de grande valor literário, é fastidiosa a leitura das orações e conversas com Deus feitas por ela, é indiscutível o valor da fé nestes casos, mas acho que se exagerou. 

Acima de tudo é um livro que nos deixa a pensar, como é possível que a comunidade internacional tivesse permitido a chacina  de um milhão de pessoas em apenas cem dias, devido a diferenças étnicas.

 

 

publicado por Existe um Olhar às 02:11 link do post
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
17
19
23
24
27
29
30
31
subscrever feeds
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Também eu gosto muito de Le petit Prince. Sinto in...
Um dos melhores livros :)
Ainda bem que gostou Fenix! Aconteceu o mesmo comi...
Também adorei só consegui para no fim quanto mais ...
Já li e adorei! Excelente livro como aliás todos o...
Saudações a todos. Venho sugerir as capas para liv...
É sem dúvida um excelente livro, ficamos presas do...
Deve ser um excelente livro!
Vergílio Ferreira é isso mesmo; VF é literatura pu...
Por aqui é fácil, basta procurar na Bertrand ou Fn...
blogs SAPO