Clube de leitura
Porque ler é um prazer que deve ser partilhado
25 de Outubro de 2009

 
Comprei este livro em Novembro de 2006, em vésperas de ser internada para uma cirurgia.
Li-o no hospital. Lembro-me que gostei, mas passados perto de 3 anos, confesso que não tinha qualquer recordação da história. Reli-o muito recentemente e confesso que fiquei extremamente surpreendida por não me lembrar de um livro do qual gostei tanto.
  
Sinopse
Ano 2021.
Há um quarto de século que não nascem crianças. Os idosos são levados ao desespero e ao suicídio, e a última geração de jovens é bela, mas violenta e cruel. As pessoas de meia-idade tentam manter a normalidade sob o poder absoluto de Xan Lyppiatt, o carismático ditador e Guardião de Inglaterra.
Theo Faron é historiador e primo do Guardião. Vive uma vida solitária e sombria até que conhece uma jovem, membro de um pequeno grupo que procura desafiar o regime do Guardião.
Então a vida de Theo altera-se dramaticamente e ele irá viver horrores inimagináveis para proteger essa mulher e lutar contra o poder vigente.

A adaptação cinematográfica da obra de P. D. James levada a cabo pelo realizador mexicano Alfonso Cuarón, conta nos principais papéis com Clive Owen, Julianne Moore e Michael Cane.

  

Mais do que uma obra literária e do que um romance, este livro leva-nos a refletir sobre a vida e o que nos move.

O que seria do ser humano sem perspectivas de futuro, sem perpetuação da espécie?

Como reagiríamos se soubessemos que depois de nós nada virá?

Se temos ambição, se fazemos planos, não será apenas para deixar algo a quem nos sobreviver?

 

Depois desta segunda leitura, senti uma grande curiosidade em ver a adaptação cinematográfica da obra.

Apesar de preferir sempre os livros aos filmes, nunca nenhum me desiludiu tanto quanto este. Esperava melhor. O filme é simplesmente um tédio, e vários aspectos do livro foram alterados.

 

publicado por Abigai às 15:04 link do post
Não conhecia este livro, nem o livro nem o filme.... ando mesmo distraido.

De todas as adaptações ao cinema que já vi, só duas não me desapontaram, Chocolate e A casa dos Espíritos, dois livros fantásticos que deram dois excelentes filmes. É muito difícil colocar em duas horas de filme todo o detalhe que está nos livros, por norma escolhem-se as partes mais relevantes e o resultado raramente convence.

Obrigado por aceitares o convite.
Jorge
Jorge Soares a 25 de Outubro de 2009 às 21:35
Olá Jorge, eu é que agradeço o convite.
Na verdade, também desconhecia a autora do livro, escolhi pela capa que me pareceu atractiva, só mais tarde é que percebi que era tirada do filme.
Abigai a 25 de Outubro de 2009 às 21:48
Fiquei com vontade de ler o livro, até porque tal como tu também costumo gostar mais da histórias contadas em livro do que a adaptação das mesmas ao grande ecrã!

Beijinhos***
Teresa a 26 de Outubro de 2009 às 20:54
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
17
19
23
24
27
29
30
31
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Também eu gosto muito de Le petit Prince. Sinto in...
Um dos melhores livros :)
Ainda bem que gostou Fenix! Aconteceu o mesmo comi...
Também adorei só consegui para no fim quanto mais ...
Já li e adorei! Excelente livro como aliás todos o...
Saudações a todos. Venho sugerir as capas para liv...
É sem dúvida um excelente livro, ficamos presas do...
Deve ser um excelente livro!
Vergílio Ferreira é isso mesmo; VF é literatura pu...
Por aqui é fácil, basta procurar na Bertrand ou Fn...
blogs SAPO