Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Clube de leitura

Porque ler é um prazer que deve ser partilhado

Clube de leitura

Porque ler é um prazer que deve ser partilhado

O Principezinho

29.06.10, Existe um Olhar
Quem nunca ouviu falar deste livro? Quem o lê não pode ficar indiferente á simplicidade das palavras, aos momentos extremamente enternecedores e aos diálogos do pequeno príncipe, que nos deixam a pensar em pequenas coisas  que nos desconcertam de tão simples que são.
Quem ainda hoje não cita frases deste livro, que se tornaram máximas com as quais orientamos as nossas vidas e relacionamentos?!
Antoine de Saint-Exupéry nasceu a 29 de Junho de 1944, foi um apaixonado desde a infância pela mecânica, mas sem dúvida o que o imortalizou foi este livro que sempre perdurará na memória de quem o lê.
Cativa-me sempre esta frase que não quero deixar de colocar aqui:

 

“Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito, mas há os que não levam nada. Essa é a maior responsabilidade de nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso.”

 

Sinopse:

Este é um livro que trata de um universo mágico, onde um pequeno príncipe habita no seu minúsculo planeta. Um dia ele decide abandonar a flor que ama para partir à descoberta do mundo que o rodeia. Conhece diferentes planetas onde contacta com personagens bizarras, até que alcança a Terra, o mais incompreensível de todos eles. Curioso e observador, o principezinho fica intrigado com os humanos, seres que estão sempre apressados em partir sem saber para onde vão. E é num lugar desértico que trava amizade com um aviador e fica a conhecer o significado da palavra "cativar". Um livro emocionante e que deve ser relido vezes sem conta, pois cada leitura que se faz é uma viagem ao mundo encantado, que Exupéry tão bem conseguiu retratar.

 

13 comentários

Comentar post