Clube de leitura
Porque ler é um prazer que deve ser partilhado
19 de Novembro de 2011

Na sequência de thrillers policiais agendados para os dias de Inverno, li (há já um mês e picos) Jussi Adler-Olsen. Segundo as informações disponíveis no site oficial do autor o livro só agora foi recentemente publicado nos mercados inglês, australiano e indiano.Eu li a versão alemã e suspeito que nenhum de nós chegue a ler a original em dinamarquês!

Mercy relata o desaparecimento misterioso da política progressista Merete Lynggaard num belo dia de Inverno. Dado a sua exposição social, os media entram em alvoroço levantando suspeitas de homicídio, suicídio ou de um plano de desaparecimento voluntário. A polícia inicia as buscas em larga escala, mas tudo indica que Merete Lynggaard simplesmente desapareceu da face da Terra. O que aconteceu realmente? Estará Merete Lynggaard viva?  

Carl Mørck é o inspector responsável pela investigação. Depois de ter sido afastado temporariamente do activo devido a um acidente de trabalho envolvendo dois colegas, volta para inaugurar o recentíssimo Departamento Q. Este departamento é responsável pela reabertura de casos não resolvidos em tempo útil, como o de Merete Lynggaarde funciona com regras muito próprias ditadas pelo seu único funcionário: o próprio Mørck. Mas Mørcktende a evitar as pilhas de arquivos acumuladas na sua secretária e passa o seu tempo a fumar no novo gabinete, enquanto tenta dominar as recordações e culpas do acidente em que esteve envolvido. 
É então que surge Assad, um imigrante que não domina o dinamarquês e ainda não se adaptou por completo aos costumes do país, pronto para o ajudar. Esta personagem intrigante e muito peculiar, com papel preponderante na acção é um dos elementos chave desta obra. O contraste de carácter dos dois - Mørck um anti-herói intuitivo, pouco dado aos colegas e Assad uma pessoa sociável, sistemática, inteligente - proporciona-nos uma fantástica alternância de passagens verdadeiramente cómicas, alternadas com o drama e dureza da investigação nem sempre ágil e frutuosa. Depois de cindo anos após o seu desaparecimento, a busca de Merete é finalmente reiiniciada. Serao Mørck e Assad capazes de resolver este mistério?
 
Há imensa coisa ainda por dizer acerca deste livro, pormenores deliciosos que deixo para quem quiser ler. A crítica acarinhou muito este autor, assim como a  série do Departamento Q. Para quem procura um novo óptimo autor estrangeiro, aqui está ele. Atreva-se!
 
 
Post inicialmente publicado em Miss G
publicado por Miss G às 20:06 link do post

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
28
29
subscrever feeds
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Nunca li mas a história cativou. Li outros posts. ...
Huum vou procurara gora na Feira do livro.
ola,sou brasileira e foi por acaso que encontrei O...
Também eu gosto muito de Le petit Prince. Sinto in...
Um dos melhores livros :)
Ainda bem que gostou Fenix! Aconteceu o mesmo comi...
Também adorei só consegui para no fim quanto mais ...
Já li e adorei! Excelente livro como aliás todos o...
Saudações a todos. Venho sugerir as capas para liv...
É sem dúvida um excelente livro, ficamos presas do...
blogs SAPO